• Home
  • /
  • Dicas
  • /
  • Preparação física e mental para vestibulandos

Preparação física e mental para vestibulandos

Vestibulandos geralmente passam horas sentados, seja na sala de aula ou em casa estudando. Às vezes, a concentração é tanta que, quando percebem, já estão praticamente deitados na carteira. É aí que mora o perigo. A má postura durante horas pode causar dores nas costas, nos ombros, pescoço e por aí vai. Se o vestibulando não se cuidar, pode acabar parando em um médico ou fisioterapeuta.

O especialista em práticas terapêuticas chinesas, Jaime Kuk, do Cursinho do XI, em São Paulo, apresenta alguns exercícios para preparar o corpo e a mente para um longo período de pouca mobilidade. Os exercícios sugeridos podem ser feitos antes, durante e depois do período de estudos, em uma sequência que varia de cinco a dez minutos, ajudando a aliviar o organismo do estresse. A sequência deve ser repetida quatro vezes para cada lado:

Para aliviar o pescoço:
– sentado ou em pé, deitar a cabeça num ombro e depois no outro;
– levar o queixo para a esquerda e depois para a direita (rotação);
– levar o queixo para cima e para baixo.

Para aliviar os ombros:
– erguer os ombros como se fosse encostá-los nas orelhas e soltá-los com calma;
– levar os ombros à frente, como se fosse juntá-los, alternando com puxar os ombros para trás, expandindo o peito.

Costas e cintura:
– sentado, deitar o tronco sobre as coxas, respirando com calma e se deixando relaxar;
– em pé, com cuidado e devagar, esticar os braços para trás, inclinando um pouco o tronco também para trás como se estivesse espreguiçando. Abaixe-se para frente, relaxando a cabeça e soltando os braços. As pernas devem estar estendidas, pois com este movimento obtém-se um leve alongamento delas;
– em pé ou sentado, girar o tronco para a esquerda e direita, como se quisesse olhar para trás, mas sem mover os pés (ou a bacia, se estiver sentado).

Pés e tornozelos:
– sentado ou em pé, puxar a ponta dos pés para cima, até sentir alongar a panturrilha, alternando com esticar a ponta do pé para frente.

Para acalmar, auxiliar o bom sono, regular funções dos órgãos internos e ajudar na concentração:
– sentado ou em pé, praticar a respiração com o baixo ventre, como se a barriga abaixo do umbigo se enchesse de ar. A respiração não deve ser forçada, deve-se deixar o corpo relaxar devagar e, naturalmente, essa respiração acontecerá. Recomenda-se respirar dessa forma até se obter um ritmo de menos de 10 respirações por minuto, por um período de 15 minutos diários, se possível.

Jaime Kuk alerta que nenhum desses exercícios deve ser feito com força ou velocidade, e sim bem relaxados ou, em alguns casos, como se estivesse espreguiçando. Os vestibulandos devem prestar atenção no efeito do exercício no corpo, para perceber seus benefícios e observar se não está se machucando ou executando de forma errada.

Fonte: Brasil Escola

Deixe aqui seu comentário: